Iniciada a 8ª Semana Nacional da Execução Trabalhista

Os Tribunais Regionais do Trabalho de todo o país iniciaram nesta segunda-feira (17/9) a 8ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Até sexta-feira (21/9), os TRTs tentarão solucionar, por meio da conciliação, processos nos quais já houve condenação, mas a parte favorecida ainda não conseguiu receber o crédito a que tem direito. Em Goiânia, cerca de 200 audiências devem ser realizadas no período vespertino ao longo da semana no Fórum Trabalhista para tentar dar efetividade à decisão judicial.

O juiz Celso Moredo, coordenador do Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) de Goiânia disse que o ideal é que as partes tivessem solicitado previamente uma audiência de conciliação, mas caso o empregador e o empregado venham ao Fórum Trabalhista com a intenção de negociar, eles serão atendidos e os conciliadores do Cejusc tentarão intermediar um acordo, desde que possível.

O coordenador do Cejusc da capital disse que espera um resultado bastante satisfatório, já que no ano passado 350 acordos foram firmados na 18ª Região durante a 7ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, de um total de aproximadamente 500 processos colocados em pauta. “Arrecadamos cerca de R$ 8 milhões”, contou o juiz, referindo-se aos processos em que houve conciliação durante a Semana da Execução de 2017.

A advogada trabalhista Mônica Flauzino esteve no Fórum Trabalhista nesta segunda-feira e contou que conseguiu incluir na pauta da Semana de Execução mais de 20 processos nos quais ela representa trabalhadores que prestaram serviço para um hospital de Goiânia no qual houve uma sucessão trabalhista. Ela disse que conversou com o advogado da empresa, que manifestou a vontade de negociar uma solução para as ações que estão na fase executória. Mônica Flauzino acredita que a iniciativa do CSJT é muito importante para que as partes possam dialogar e fazer um acordo da forma mais positiva possível para ambos os lados.

Wendel Franco
Setor de Imprensa-CCS

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.