Correição destaca “excelente” desempenho da 1ª, 2ª e 4ª Varas do Trabalho de Rio Verde

Facebooktwitteryoutubeinstagram

A correição ordinária realizada este mês no Foro Trabalhista de Rio Verde ressaltou o excelente desempenho das unidades, especialmente no cumprimento das Metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2019. Todas as três VTs analisadas obtiveram o Selo Metas na categoria Diamante pelo cumprimento das 7 metas nacionais.

Outro destaque foi o tempo médio de duração do processo nas três VTs em 2019 e também este ano, que ficou abaixo do limite fixado pela Corregedoria Regional, de 90 e 180 dias. Veja abaixo o desempenho mais detalhado de cada uma das VTs analisadas e o Cejusc de Rio Verde.

1ª Vara do Trabalho de Rio Verde

O desembargador-corregedor, Daniel Viana Júnior, destacou, durante a correição realizada na 1ª Vara do Trabalho de Rio Verde o índice de produtividade superior a 100% no último triênio. Também foi destaque o prazo médio da entrega da prestação jurisdicional nos processos submetidos aos ritos sumaríssimo e ordinário, ao final do exercício de 2019, que era apenas de 49 e 97 dias, respectivamente. Em 2020, considerados os dados estatísticos até o mês de outubro, o prazo médio de duração do processo foi de 89 dias. A correição também ressaltou o bom índice de conciliação na unidade que este ano atingiu 61,4%.

Na ocasião, a magistrada titular, Samara Souza, agradeceu a valiosa contribuição do juiz auxiliar, Pedro Henrique Menezes pela dedicação e empenho e também registrou elogios aos servidores da Secretaria, na pessoa do diretor Danilo Brito. O desembargador Daniel Viana também agradeceu aos magistrados pelo comprometimento e dedicação durante todo o período da pandemia.

IGest

De acordo com o relatório mais recente do IGEST, referente ao período de 01.10.2019 a 30.09.2020 1ª Vara do Trabalho de Rio Verde, analisada em nível nacional, regional e municipal, apresentou o seguinte desempenho: 114º lugar, entre 570 Varas do Trabalho existentes no País dentro da mesma movimentação processual; 12º lugar entre 18 Varas do Trabalho existentes na Região dentro da mesma movimentação processual; 3º lugar entre as 4 Varas do Trabalho de Rio Verde.

Confira aqui a Ata Correicional.

2º Vara do Trabalho de Rio Verde

A unidade se destacou no cumprimento da Meta 5 (julgamento de processos na fase de execução) em 2020 cujo índice foi de 139,2%. Em relação à meta específica da Justiça do Trabalho, o prazo médio de duração do processo este ano, até outubro, foi de 71 dias.

Considerando a total regularidade dos serviços nesta Vara do Trabalho, o desembargador-corregedor não fez qualquer recomendação, e parabenizou os juízes titular, Daniel Branquinho e auxiliar, Marcela Araújo, bem como os servidores da Secretaria, na pessoa da diretora Mirian Polini, pela qualidade dos serviços prestados à sociedade.

Na ocasião, o desembargador Daniel Viana registrou a participação do desembargador Geraldo Nascimento, eleito vice-presidente e corregedor para o biênio 2021-2023.

IGest

De acordo com o relatório mais recente do IGEST, referente ao período de 01.10.2019 a 30.09.2020, a 2ª Vara do Trabalho de Rio Verde, analisada em nível nacional, regional e municipal, apresentou o seguinte desempenho: 54º lugar, entre 570 Varas do Trabalho existentes no País dentro da mesma movimentação processual; 4º lugar entre 18 Varas do Trabalho existentes na Região dentro da mesma movimentação processual; 2º lugar entre as 4 Varas do Trabalho de Rio Verde.

Confira aqui a Ata Correicional.

4ª Vara do Trabalho de Rio Verde

A unidade apresentou no período analisado um alto índice de conciliação, 65,1%, conforme constatou a correição. Também cumpriu no mesmo período a Meta 5 (priorizar e julgar processos na fase de execução) com índice de 140,8%. 

Em relação à meta específica da Justiça do Trabalho, a unidade, considerados os dados estatísticos até o mês de outubro, atingiu grau de cumprimento de 154,3% levando em média 64 dias entre o ajuizamento da ação e a sentença. O desembargador-corregedor, Daniel Viana, agradeceu à juíza titular Virgilina Santos e à equipe de servidores, na pessoa do diretor Sebastião de Paula, pela dedicação e empenho no cumprimento de metas e na qualidade dos serviços prestados.

IGest

A 4ª VT de Rio Verde foi a melhor Vara do Trabalho do TRT-18 classificada no IGEST, em nível nacional, na última atualização do sistema, conforme relatório do sistema HÓRUS 18 (ver foto abaixo).

De acordo com o relatório mais recente do IGEST, referente ao período de 01.10.2019 a 30.09.2020, a 4ª Vara do Trabalho de Rio Verde apresentou o seguinte desempenho: 10º lugar, entre 570 Varas do Trabalho existentes no País dentro da mesma movimentação processual; 1º lugar entre 18 Varas do Trabalho existentes na Região dentro da mesma movimentação processual; 1º lugar entre as 4 Varas do Trabalho de Rio Verde.

Confira aqui a Ata Correicional.

Cejusc de Rio Verde

Durante a correição no Cejusc de Rio Verde, o desembargador-corregedor parabenizou todos os seus integrantes pela qualidade da atividade judicial prestada e agradeceu o juiz-coordenador Daniel Branquinho e o secretário-executivo Ronaldo Costa, bem como todos os servidores da unidade, pela importante contribuição dada no desempenho do Tribunal em relação às metas nacionais e específicas fixadas pelo Conselho Nacional de Justiça em 2019, quando, pela primeira vez desde 2009 o TRT-18 conseguiu cumprir todas as metas fixadas.

Confira aqui a Ata Correicional do Cejusc de Rio Verde.

Confira abaixo a matéria da correição da 3ª Vara do Trabalho de Rio Verde que foi realizada em novembro de 2020.

3ª Vara do Trabalho de Rio Verde tem bons prazos médios de duração do processo, conforme destacou correição

Comunicação Social – TRT-18

Facebooktwitter

Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Corregedoria, Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.