Conciliação na execução: Goiano que prestava serviço no exterior receberá R$145 mil em acordo na Justiça do Trabalho

Trabalhador goiano que prestava serviço para empresa do grupo econômico Odilon Santos Administração e Participações Ltda, em Luanda, República da Angola, firmou acordo trabalhista no valor de R$ 145 mil. O valor se refere a diferenças de verbas rescisórias trabalhistas.

O obreiro prestou serviços como instrutor técnico de veículos de grande porte, pelo período de quase 6 anos, e foi demitido sem que a sua CTPS tivesse sido anotada e seus direitos reconhecidos. Assim, o juiz de 1º grau reconheceu o vínculo empregatício condenando a empresa ao pagamento referente ao recolhimento do FGTS, aviso prévio, férias e 13º proporcionais e seguro-desemprego.

Aline Rodrigues Rodriguez
Núcleo de Comunicação Social
Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.