Módulo desenvolvido pelo TRT-18 para a nova versão do PJe permite consulta processual unificada entre os Tribunais do Trabalho

Tela inicial do módulo Consulta Processual Unificada da versão 2.4 do PJe

A versão 2.4 (Aroeira) do Processo Judicial Eletrônico (PJe) será implantada na 18ª Região da Justiça do Trabalho (Goiás) neste domingo, 4/8. Uma das novidades que ela traz é o módulo Consulta Processual Unificada, que vai tornar a consulta a processos dentro do PJe mais fácil para magistrados, servidores, advogados e partes. Com o número de um processo em mão, o usuário do PJe poderá consultar e visualizar informações como documentos públicos, movimentos e expedientes, estando o processo em tramitação no TRT-18 ou em outro Regional. A novidade vale também para ações que tramitam na instância superior, no caso o TST, sem necessidade de entrar no site desse outro Tribunal.

De acordo com o servidor Thiago Garcia, da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do TRT-18, esse tipo de consulta a processos que estão em outro regional ou em outra instância, sem sair do site inicial e sem precisar de cadastro no PJe de outros Tribunais, não era possível antes da consulta unificada. Ele lembrou que a integração entre as consultas processuais dos diversos Tribunais da Justiça do Trabalho só será possível a partir do momento em que todos eles tiverem implantado a versão 2.4 do PJe, o que deve acontecer até 25/8.

Thiago Garcia e os servidores Fabiano de Almeida e Oliveira, Bruno Leonardo Gonçalves e Francisco Mendes Júnior, também da STI do TRT-18, são os responsáveis pelo desenvolvimento do módulo Consulta Processual Unificada 2.4. Posteriormente, a ferramenta foi submetida ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) para testes, homologação das regras de negócio e distribuição aos demais Tribunais do Trabalho. A equipe que homologou o novo módulo e a versão 2.4 do PJe também tem servidores do TRT-18 entre seus integrantes. São eles Suzane Rondon, Felipe Rondon e Hugo Camilo Pires.

Outras novidades

Consulta de processos de terceiros

A consulta a processos de terceiros, ou seja, processos dos quais o usuário não é parte, foi movida da versão anterior do PJe para a nova Consulta Processual Unificada que integra a versão 2.4 do sistema, com visual moderno e melhorias de desempenho significativas. Um usuário que queira consultar processos de terceiros poderá, a depender dos privilégios de acesso que ele tiver, efetuar buscas utilizando o número da OAB do advogado, a classe judicial, a data de distribuição, o assunto e o CPF/CNPJ da parte.

Thiago Garcia destacou ainda que diversas correções de bugs (erros ou falhas inesperadas) também foram implementadas com a integração da Consulta Processual Unificada à nova versão do PJe.

Wendel Franco

Setor de Imprensa/TRT-18

Esta entrada foi publicada em Notícias, PJe e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.