Gestão Socioambiental

Fortalecer a Responsabilidade Socioambiental é uma forma de contribuir para a missão do TRT da 18ª Região de promover a paz social mediante a solução dos conflitos trabalhistas com qualidade, efetividade e satisfação da sociedade

Nesse sentido, assumir novas responsabilidades tem sido característica marcante no Tribunal. Nesse contexto, estabelece-se como norte a Agenda 2030 da ONU — um conjunto de programas, ações e diretrizes que orientam os trabalhos das Nações Unidas, seus países membros e suas instituições rumo ao desenvolvimento sustentável.

Um dos instrumentos para efetivar as ações da Agenda 2030 é a Política de Responsabilidade Socioambiental do TRT da 18ª Região, traçada a fim de estabelecer diretrizes para a realização das ações socioambientais do Tribunal.

A Política possui seis eixos de atuação, em que são abordadas diversas temáticas, tais como assédio moral, acessibilidade, incentivo ao voluntariado, contratações sustentáveis, combate à discriminação e à corrupção, incentivo a boas práticas e saúde ocupacional. 

Ressalte-se que a política foi construída de forma participativa, e em conformidade com as fases estabelecidas no Ato Conjunto CSJT/TST/GP nº 24/2014, que institui a Política Nacional de Responsabilidade Socioambiental.

Os comentários estão encerrados.