Correição registra aumento de 45% na demanda processual da VT de Formosa

Facebooktwitteryoutubeinstagram
Corregedor conversa com a equipe da VT de Formosa

Corregedor conversa com a equipe da VT de Formosa

A Vara do Trabalho de Formosa, que recebeu no último triênio uma média de 800 processos por ano, registrou crescimento de 45% em sua demanda processual no exercício de 2021. Esse foi um dos dados levantados durante a correição realizada na unidade pelo desembargador-corregedor Geraldo Nascimento.

O corregedor parabenizou os magistrados e servidores que atuaram na unidade no período correicionado (julho de 2021 a abril de 2022) pela diligente atuação no projeto Garimpo. A unidade conseguiu finalizar todos os processos identificados pela Corregedoria no Ofício Circular n.º 23/2019. O projeto Garimpo identifica processos arquivados definitivamente que possuem depósitos judiciais “abandonados” ou “esquecidos”. Os valores encontrados são resgatados pelos titulares ou convertidos em renda para a União.

Corregedor recebe a visita de advogados da região

Corregedor recebe a visita de advogados da região

Durante a correição, o desembargador-corregedor recebeu a visita do presidente da Subseção da OAB em Formosa, Edimar Alves de Amorim Filho, dos advogados Lívia de Sousa Ledo e Igor Rafael Araújo de Santana. Eles agradeceram a parceria entre a OAB e o TRT-18 e elogiaram a cordialidade e a presteza no atendimento. Por outro lado, reivindicaram um procedimento uniforme quanto ao formato das audiências – presencial, telepresencial ou mista; dentre outras questões.

O desembargador Geraldo Nascimento ressaltou aos advogados as orientações da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho e da Corregedoria Regional para se adotar, como regra, o formato presencial das audiências. Na ocasião, o juiz substituto Rafael Vitor de Macêdo Guimarães registrou que já mudou o formato das audiências designadas para presencial, para dar maior agilidade à prestação jurisdicional.

Quanto ao Índice Nacional de Gestão do Desempenho da Justiça do Trabalho (IGest), a Vara do Trabalho de Formosa ficou em 366º lugar, entre 498 Varas do Trabalho existentes no País dentro da mesma movimentação processual.

Por fim, o corregedor recomendou à unidade que inclua mais processos em pauta, com o fim de cumprir a Meta 1 do CNJ, que é julgar mais processos que os distribuídos. Além disso, pediu ao magistrado atuante na VT que faça os esforços necessários para reduzir o prazo médio da duração dos processos para patamares inferiores ao recomendado pela Corregedoria Regional.

Para ler a ata correicional na íntegra, clique aqui

Comunicação Social TRT-18

Facebooktwitter

Ficou em dúvida quanto ao significado de algum termo jurídico usado nessa matéria?
Consulte o glossário jurídico: www.trt18.jus.br/portal/noticias/imprensa/glossario-juridico/
Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Jurídicas/Serviços/Estatísticas, Notícias, TRT18. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.