Alimentos arrecadados na campanha ‘Natal Solidário’ do TRT de Goiás são entregues a entidades beneficentes

Facebooktwitteryoutubeinstagram

Cerca de 80 cestas básicas foram entregues na tarde desta quinta-feira, 23/12, às entidades beneficentes “Mensageiros da Luz” e “Associação Social com Família”. Os alimentos foram arrecadados em campanha solidária promovida pela Justiça do Trabalho em Goiás por ocasião da proximidade do Natal. Tanto juízes e servidores como toda a comunidade participaram das doações.

Juntas, as entidades atendem a cerca de 1.400 famílias carentes na grande Goiânia. Conheça o trabalho desenvolvido por elas e como ajudá-las.

Associação Social com Família

Entrega de cestas pelo servidor Valdez à diretora Francisca
Entrega de cestas pelo servidor Valdez à diretora Francisca

A associação tem como sua principal frente de atuação o projeto “Levando Amor”. Por meio dele, a entidade atende de forma diária 150 crianças em um imóvel localizado no bairro Terra do Sol, próximo ao presídio de Goiânia. No local, as crianças recebem cinco refeições diárias e reforço escolar. Além disso, 942 famílias são cadastradas e recebem apoios diversos.

Segundo a diretora da associação, Francisca Silva, todo o trabalho é viabilizado pelas doações e pelo trabalho voluntário fixo de 12 pessoas, além de contar com o auxílio de várias pessoas da região que ajudam esporadicamente. Ela conta que “muita das vezes, a única refeição que a criança tem é a que servimos na escolinha”.

Francisca conta que a história pessoal de violência doméstica a impulsionou a montar o projeto: “ficava à mercê do meu agressor, pois não tinha onde deixar meus filhos e não tinha como ter um emprego” conta, dizendo que se uniu a outras mulheres para criar esse local de acolhimento. A “escolinha”, como se refere ao local, começa a funcionar às 5h30, horário em que várias mães precisam pegar ônibus, e vai até o horário em que a última criança é pega pelo(a) responsável.

No atendimento às famílias, a entidade precisa de cestas básicas. Já para a escolinha, necessitam de itens como leite, bolacha, massa de bolo, ovos, carnes; além de recursos financeiros para despesas com gás de cozinha, entre outras.

Para conhecer melhor as ações da entidade, visite o perfil no instagram @franciscaterradosol. Doações podem ser feitas via Pix ao telefone (62) 99425-6816.

Grupo Mensageiros da Luz 

Entrega de cestas pelo trabalhador Paulo, do TRT-18, à diretora Márcia
Entrega de cestas pelo trabalhador Paulo, do TRT-18, à diretora Márcia

O Grupo Espírita Mensageiros da Luz atende a cerca de 500 famílias por mês e possui quatro unidades na grande Goiânia. As unidades recebem, cadastram e ajudam as famílias que procuram por auxílio, mas o grupo também se dirige a comunidades distantes para oferecer auxílio básico, como alimentos, remédio e fraldas. Os voluntários do Grupo se dirigem, por exemplo, às comunidades “Lixão do Cepaigo” e comunidade quilombola, na entrada da cidade de Inhumas.

Todos os recursos utilizados pela entidade para ajudar as famílias são provenientes de doações e bazares. O Grupo mantém arrecadação permanente de cestas básicas, agasalhos e fraldas geriátricas, “pois as necessidades das pessoas são constantes”, conta  a presidente da Associação, Márcia Ramos.

O Grupo Mensageiros da Luz está presente nos seguintes endereços: filial Mansão da Esperança (Alameda do Almeida, S/N, quadra 59, Jardim Maria Inês – Aparecida de Goiânia – GO); Unidade Alvorada Nova (Rua Sapucaia – St. Conde dos Arcos, Aparecida de Goiânia) e Unidade Luzes do Evangelho (Rua 1º de Janeiro, Parque Santa Cruz, Goiânia – GO). 

Para conhecer melhor as ações da entidade, visite o perfil no instagram @geml_tv. Para doações, visite https://geml.org.br/

Lídia Barros
Comunicação Social/TRT-18

Facebooktwitter

Ficou em dúvida quanto ao significado de algum termo jurídico usado nessa matéria?
Consulte o glossário jurídico: www.trt18.jus.br/portal/noticias/imprensa/glossario-juridico/
Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Notícias, Socioambiental, TRT18. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.