Abril Verde promove conscientização sobre acidentes de trabalho no Brasil

Facebooktwitteryoutubeinstagram

Imagem em desfoque e com fundo verde de um trabalhador segurando um capacete com a mão na altura da cintura. Em primeiro plano e na cor branca um laço com o texto Abril Verde Entre 2012 e 2022, 25.492 trabalhadores morreram em decorrência de acidentes de trabalho no Brasil. Nesse período, foram registradas mais de 6 milhões de Comunicações de Acidentes de Trabalho (CAT). O número é do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho – SmartLab, desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

Em relação a Goiás, o Observatório mostra que, entre 2012 e 2022, 1.151 trabalhadores morreram no estado por acidentes de trabalho. O total de acidentes notificados chegou a 173.794.

Foto colorida mostra parte externa do auditório do Complexo Trabalhista iluminada de verde durante a noite

Em apoio à campanha do Abril Verde, o TRT-18 manterá, durante todo o mês de abril, iluminação externa na cor verde na praça do Complexo Trabalhista

Em muitos casos, o acidente de trabalho vai parar na Justiça, onde o trabalhador ou a família buscam reparação pelos danos sofridos. A Justiça do Trabalho goiana recebeu, em 2023, 987 ações com o assunto acidente de trabalho. Os números são ainda mais alarmantes quando se analisa a quantidade de processos envolvendo assédio moral ou sexual no trabalho. Foram 5.506 novos processos que chegaram às Varas trabalhistas goianas no ano passado. Veja painel no site do TRT-18 sobre esses assuntos.

Abril Verde 

A saúde e a segurança no trabalho são temas do Abril Verde, iniciativa que busca conscientizar a população sobre a importância do trabalho saudável e seguro. Também é no mês de abril, no dia 28/4, que é lembrado o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças Relacionadas ao Trabalho.

O Movimento Abril Verde ainda tem por objetivo sensibilizar trabalhadores, empresários, sindicatos e governos sobre a necessidade de se investir em políticas e práticas que garantam um ambiente de trabalho seguro e saudável. Além disso, busca-se chamar a atenção para a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, que muitas vezes são evitáveis.

Trabalho Seguro
A imagem mostra um grupo de pessoas em um auditório. Na frente, há um grupo posando para a foto, incluindo homens e mulheres de diversas idades e etnias. Alguns deles estão segurando sacolas com o que parece ser uma logomarca. Eles estão vestidos casualmente, alguns em uniformes de trabalho com faixas refletoras. No centro, há um homem de terno, destacando-se como uma figura de autoridade ou convidado de honra. Atrás deste grupo, há uma grande audiência, a maioria usando uniformes semelhantes, indicando que podem ser funcionários de uma mesma empresa ou membros de uma organização. No primeiro plano, há uma mesa com microfones, sugerindo que algum tipo de apresentação ou cerimônia pode ter ocorrido ou está prestes a acontecer. A iluminação e a configuração são típicas de um evento corporativo ou institucional.

Foto do último encontro do Café Seguro com trabalhadores da empresa de construção Enec

A Justiça do Trabalho está engajada no Movimento Abril Verde. As ações de conscientização estão vinculadas ao Programa Trabalho Seguro (PTS), que foi criado como uma resposta concreta ao alarmante número de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais no Brasil. Cada região da Justiça do Trabalho possui uma coordenação regional do programa.

Em Goiás, a coordenação regional do PTS implementou, em 2018, o projeto Café Seguro. Ele tem por objetivo estabelecer o diálogo com a sociedade acerca da importância da prevenção de acidentes no ambiente do trabalho. O Café Seguro já promoveu 19 visitas a empresas dos mais variados ramos em Goiás para discutir temas como uso de equipamentos de proteção individual e assédio moral e sexual no trabalho.

Seminário

A coordenação nacional do Programa Trabalho Seguro da Justiça do Trabalho vai promover, nos dias 23 e 24 de abril, o “Seminário Democracia é inclusão: impactos da informalidade na saúde e segurança do trabalho”. As inscrições já estão abertas e o evento será realizado no Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília. O evento tem como público-alvo a magistratura trabalhista, servidoras e servidores, integrantes da advocacia, além do público acadêmico e da sociedade em geral.

Comunicação Social do TRT-18, com informações dos sites Gov.br, Smartlab e CSJT

Facebooktwitter

Ficou em dúvida quanto ao significado de algum termo jurídico usado nessa matéria?
Consulte o glossário jurídico: www.trt18.jus.br/portal/noticias/imprensa/glossario-juridico/
Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Notícias, Trabalho Seguro, TRT18 e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.