Vara do Trabalho de Uruaçu negocia mais de um milhão de reais em acordos durante a Semana Nacional de Conciliação

image1

Equipe da Vara do Trabalho de Uruaçu, da qual também fazem parte o juiz do Trabalho Juliano Braga e o servidor conciliador Rafael Leme.

A Vara do Trabalho de Uruaçu, na região norte de Goiás, comemora o alto índice de conciliação obtido nas tentativas de acordo em processos trabalhistas que foram incluídos na pauta da Semana Nacional de Conciliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). De 53 processos em fase de conhecimento que tiveram audiências agendadas nesta semana, 43 foram resolvidos por meio de acordo entre as partes, o que corresponde a 81,13% do total de causas analisadas.

Em três dias de audiências, coordenadas pelo juiz titular Juliano Braga, o montante negociado pelos conciliadores da Vara do Trabalho de Uruaçu junto às partes totalizou R$ 1.169.587,00. Esse valor representa cerca de 10% do montante negociado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (Goiás) no ano passado, aproximadamente R$ 11 milhões.

A maior parte dos acordos fechados esta semana em Uruaçu se refere a ações movidas por ex-empregados da mineradora Votorantim, que atua na região. De acordo com o diretor de Secretaria da VT de Uruaçu, Evandro Gomes, a unidade tem o pior índice de conciliação da 18ª Região, devido à postura fechada ao acordo notada na maioria das empresas estabelecidas naquela parte do Estado. No entanto, ele comemora o que parece ser uma mudança de postura das empresas, a exemplo da Votorantim, que vem adotando uma política de conciliação com seus trabalhadores, conferindo mais agilidade na solução dos conflitos.

Wendel Franco
Seção de Imprensa-DCSC

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.