TRT18 e Hemocentro promovem campanha de doação de sangue e cadastro de medula óssea no dia 4 de junho

A Gerência de Saúde do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região vai promover, em parceria com o Hemocentro de Goiás, uma campanha de doação de sangue e cadastro para doação de medula óssea no dia 4 de junho, das 8 às 16 horas, em frente ao Fórum Trabalhista de Goiânia, na Rua T-51, no Setor Bueno. Durante o dia, a unidade móvel e uma equipe do Hemocentro estará no local para realizar a coleta de sangue e informar os interessados sobre a doação de sangue e de medula óssea. Podem participar da campanha magistrados, servidores, terceirizados, estagiários, advogados, partes e qualquer outra pessoa que estiver passando pelo TRT no dia 4. Se você mora no interior, também pode aderir à campanha fazendo sua doação diretamente no Hemocentro da sua cidade.

A campanha, que faz parte do Projeto Amigos da Saúde, foi validada pelo Comitê Gestor Local de Saúde do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região e ocorre em atenção ao Junho Vermelho, mês definido no calendário nacional para lembrar a importância da doação de sangue e buscar mais doadores fidelizados. A data faz referência ao Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho.

É bom lembrar que doar sangue é mais que um ato de solidariedade, é um ato de vida, de cidadania. A doação é 100% voluntária e pode beneficiar qualquer pessoa, independentemente de parentesco. Não importa quem será beneficiado, o importante é que, com a doação, muitas pessoas terão novas oportunidades, novos sonhos, novas chances de recomeçar. Uma só doação que você faz pode beneficiar até quatro vidas. Os estoques dos bancos de sangue não podem ficar vazios. Doe sangue regularmente e ajude a quem precisa.

A chefe da Gerência de Saúde do TRT18, Gabriela Castro, destacou que uma das vantagens da doação é que a pessoa que se oferece para doar sangue poderá fazer um check-up completo gratuitamente, uma vez que o Hemocentro vai analisar o sangue do doador para descartar a existência de várias doenças e os resultados serão disponibilizados ao interessado posteriormente. O Hemocentro vai oferecer um lanche a quem participar doando sangue. 

Doação de medula óssea

Muita gente confunde medula óssea com medula espinhal e tem medo de ficar paraplégica caso faça uma doação da medula óssea. Entretanto, são coisas bem diferentes. A medula espinhal é a porção alongada do sistema nervoso central localizada dentro da coluna vertebral que tem como função transmitir os impulsos nervosos a partir do cérebro para todo o corpo. Já a medula óssea é um tecido líquido gelatinoso que ocupa a cavidade dos ossos (conhecido popularmente por “tutano”) onde são produzidos os principais componentes do sangue, como hemácias, leucócitos e plaquetas.

O transplante de medula óssea é uma modalidade de tratamento indicada para doenças relacionadas à fabricação de células do sangue e com deficiências no sistema imunológico, tais como leucemias, linfomas, anemias graves, doenças autoimunes e vários tipos de tumores. Para ser um doador, basta fazer o cadastro junto com a coleta de uma amostra de sangue, de apenas 10 ml. Os dados serão inseridos no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) e sempre que surgir um novo paciente, a compatibilidade será verificada e, uma vez confirmada, o doador será consultado para decidir quanto à doação.

O transplante de medula óssea é um procedimento seguro, realizado em ambiente cirúrgico, feito sob anestesia geral, levando em torno de 90 minutos e requerendo internação de no mínimo 24 horas. É importante saber que a medula óssea do doador se recompõe em apenas 15 dias.

Veja abaixo se você pode ser um doador de sangue. Caso se encaixe no perfil de doador, clique aqui para se cadastrar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Notícias, TRT18 e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.