TRT reinicia a demolição de imóveis para dar continuidade à construção do Complexo Trabalhista de Goiânia

2013_11_06_reforma_trt_3O Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região reiniciou a demolição dos imóveis cuja área será utilizada para dar continuidade à construção do Complexo Trabalhista de Goiânia. O primeiro imóvel a vir ao chão foi o que abrigava a Presidência. Agora, está sendo demolido o prédio da Av. T-1 , que abrigava seis Varas do Trabalho (1ª a 6ª VTs). Também serão demolidas mais duas edificações: a antiga sede do TRT e um galpão anexo, ambos com entrada pela T-29. Apenas o prédio do Fórum Trabalhista de Goiânia, inaugurado em abril do ano passado, e o Prédio Ialba-Luza, atual sede do TRT, serão mantidos.

O Trabalho de demolição está sendo feito pela empresa Vetor, sendo que o Tribunal ofereceu como parte do pagamento pelo serviço de demolição os materiais que serão retirados dos prédios. De acordo a Coordenadoria de Manutenção e Projetos (CMP), a cessão do material tem como objetivo a preservação do meio ambiente já que poderá ser reutilizado em outras construções e, ainda, contribuiu para a redução dos custos para o Tribunal.

2013_11_06_reforma_trt_6A construção da nova etapa do Complexo, que compreende a fundação e a estrutura de dois prédios, terá início em dezembro deste ano.

Márcia Bueno
Núcleo de Comunicação
Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.