TRT de Goiás participa de ação contra o trabalho infantil na Romaria de Trindade

Crianças carentes receberam kits com material contra o trabalho infantil

Cento e vinte crianças entre 9 e 14 anos receberam com entusiasmo a equipe do TRT da 18ª Região (Goiás) que visitou o Programa Polícia Militar Mirim do 22º Batalhão de Polícia Militar de Trindade, coordenado em parceria com a Secretaria de Assistência Social do município. “Aqui as crianças têm futebol, muai thai, informática, reforço pedagógico, além de atividades de disciplina e cidadania”, explicou a secretária de Assistência Social, Gerusia de Paiva.

Alunos do Programa Bombeiro Mirim também receberam o material

A visita faz parte do projeto “Trindade – tolerância zero contra a exploração e o trabalho infantil”, que tem por objetivo sensibilizar as pessoas que frequentam a cidade por ocasião da Festa do Divino Pai Eterno para esta importante causa. Na oportunidade, foram entregues 500 kits escolares a crianças carentes da região, elaborados pelo Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem da Justiça do Trabalho, coordenado regionalmente pela desembargadora Silene Aparecida Coelho.

Sensibilização

A ação teve como foco a festa do Divino Pai Eterno por ser um evento que reúne milhares de fiéis e também porque famílias inteiras se deslocam para Trindade para atuar no comércio de rua e na venda de mercadorias na rodovia dos Romeiros. De acordo com Sílvia Gonçalves, coordenadora do Programa de Ações e Estratégias para Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), da Secretaria de Assistência Social de Trindade, o trabalho infantil ainda é muito frequente na festa religiosa católica. Ela contou que 47 crianças e adolescentes foram retirados do trabalho infantil na Romaria do Divino Pai Eterno do ano passado. Desse total, 16 residiam em Trindade e o restante em outras cidades próximas.

Sílvia Gonçalves explicou que a prefeitura realizou este ano, antes do início da festa, um trabalho de conscientização junto aos barraqueiros, chamando a atenção para a exploração da mão de obra de crianças e adolescentes. De acordo com ela, crianças que vierem a ser encontradas trabalhando durante a romaria serão encaminhadas para o CMEI Taís Freire em Trindade, onde receberão alimentação e terão auxílio de pedagogas.

Campanha

Kits confeccionados especialmente para ação em Trindade

Cada um dos 500 kits confeccionados para essa ação em Trindade contém uma ecobag, um caderno e um lápis personalizados com mensagens de conscientização contra o trabalho infantil, além de três diferentes cartilhas sobre o tema. Esta é a segunda vez consecutiva que o Tribunal participa da ação.

Setor de Imprensa, com informações da Gerência de Responsabilidade Socioambiental

Esta entrada foi publicada em Notícias, Trabalho Infantil e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.