Perfil de Governança

“De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança, estratégia e controle postos em prática para avaliar, direcionar e monitorar a atuação da gestão, com vistas à condução de políticas públicas e à prestação de serviços de interesse da sociedade. Enquanto a gestão é inerente e integrada aos processos organizacionais, sendo responsável pelo planejamento, execução, controle, ação, enfim, pelo manejo dos recursos e poderes colocados à disposição das organizações para a consecução de seus objetivos. A governança provê direcionamento, monitora, supervisiona e avalia a atuação da gestão, com vistas ao atendimento das necessidades e expectativas das partes interessadas.” (Questionário de Governança de TI 2016).

“A governança de tecnologia da informação (TI), em suma, consiste no estabelecimento de um conjunto de mecanismos com o objetivo de assegurar que o uso da TI agregue valor ao negócio, com riscos e custos aceitáveis.” (Questionário de Governança de TI 2016).

“Desse modo, a adoção das práticas de governança de TI na Administração Pública Federal (APF) pode assegurar a correta aplicação de recursos, promover a proteção de informações críticas e contribuir para que as organizações públicas atinjam seus objetivos institucionais.” (Questionário de Governança de TI 2016).

Abaixo, os links para os resultados individuais do TRT da 18ª Região nos Levantamentos de Governança de TI realizados pelo Tribunal de Contas da União e nos Levantamentos de Governança, Gestão e Infraestrutura de TIC do Poder Judiciário realizados pelo CNJ:

iGovTI (TCU)

iGovTIC-JUD (CNJ)

 

Os comentários estão encerrados.