Primeiro dia da Semana de Conciliação tem 57 acordos trabalhistas que somam quase R$ 5 milhões

Facebooktwitteryoutubeinstagram

conciliaçãoQuase a metade das audiências de conciliação, 48%, realizadas nesta segunda-feira, 16/3, teve sucesso com acordo entre as partes. Dos 157 processos colocados em pauta no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania no primeiro dia, houve acordo em 57 processos, 37 foram prejudicados por ausência das partes e 62 audiências não tiveram sucesso com acordo. Os acordos realizados somam o valor de R$ 4.690.913,80.

O corregedor-geral do TST, João Batista Brito Pereira, visitou na tarde desta segunda-feira, 16/3, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e elogiou o espaço que está sendo utilizado para a realização da Semana Nacional de Conciliação.

Cópia de DSC_0221O ministro disse que já tinha ouvido falar bem do espaço criado pelo Tribunal para a realização de conciliações e ressaltou que ficou impressionado com o trabalho desenvolvido pelo TRT. Ele afirmou que essa é uma boa prática que ele pretende levar para os demais regionais. “Em outras regiões isso aqui é um sonho”, enfatizou o corregedor-geral.

Outra forma de estender a mão é conciliar
A Semana Nacional da Conciliação Trabalhista é uma iniciativa do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e visa estimular medidas que proporcionem maior celeridade aos processos trabalhistas. A Semana Nacional da Conciliação Trabalhista segue até a sexta-feira (20) e os pedidos de inclusão de novos processos na pauta de conciliação poderão ser feitos via internet ou na própria Vara do Trabalho. As audiências para tentativa de conciliação estão sendo realizadas no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, localizado no 2º andar do Fórum Trabalhista de Goiânia.

Comunicação TRT18

Facebooktwitter

Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.