Presidente do TRT visita obras do Complexo Trabalhista após término de demolição

Engenheiros explicam ao presidente do TRT como será feito o reforço estrutural em pilar

O presidente do Tribunal Regional do Trabalho de Goiás (TRT-GO), desembargador Breno Medeiros, fez uma vistoria no canteiro de obras do Complexo Trabalhista de Goiânia nesta segunda-feira, 22/5. O desembargador conferiu in loco a conclusão do serviço de demolição dos dois blocos 1 e 2, que foram atingidos por um incêndio em outubro de 2015.

Das duas estruturas demolidas restaram apenas os quatro pavimentos de subsolo e o térreo do bloco 2. A empresa Concretiza, responsável pela construção, está concluindo a remoção do entulho gerado pela demolição e se prepara para iniciar o reforço estrutural de pilares, vigas e lajes de concreto que, apesar de atingidos pelas chamas, puderam ser aproveitados conforme laudo pericial.

Interior do bloco 3, onde será o auditório do Pleno

O presidente Breno Medeiros comemorou a conclusão da demolição dos blocos 1 e 2 antes do prazo previsto. “Terminamos essa etapa com um mês e meio de antecedência. O reforço dos pilares que ficaram ainda deve durar três meses, mas o importante é que não estamos parados. A obra está em andamento e queremos entregá-la o mais rápido possível à sociedade goiana”, destacou o desembargador. O engenheiro Paulo Sérgio Castro acrescentou que a reconstrução dos pavimentos demolidos dos blocos 1 e 2 será iniciada assim que for terminado o reforço estrutural.

Acompanhado de assessores e de engenheiros do TRT e da Concretiza, o desembargador-presidente ainda visitou os blocos 3 e 4 que vão abrigar, respectivamente, o auditório do Pleno e os estacionamentos. Nesses dois blocos, a Concretiza trabalha agora na parte de instalações elétricas, hidráulicas e de prevenção a incêndio.

Wendel Franco
Seção de Imprensa-CCS

 

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.