Os avanços no desdobramento da estratégia são discutidos na RAE

IMG_8990

As alternativas para enfrentar as dificuldades impostas pelo contingenciamento orçamentário para 2016 e os avanços obtidos no desdobramento da estratégia foram a tônica da última Reunião de Análise da Estratégia (RAE) deste ano, realizada quinta-feira (17/11), no Gabinete da Presidência. Na abertura, o diretor da Secretaria de Gestão Estratégica (SGE), Álvaro Resende, destacou a recente conquista do TRT ao receber o Selo de Ouro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Álvaro atribuiu o prêmio ao esforço de todo o Tribunal em atender, no prazo estipulado, as demandas relativas a dados estatísticos e informações do CNJ. “Obtivemos 345 pontos, ou seja, ficamos apenas a 30 pontos para conquistar o selo diamante, nossa meta para 2016”, comentou entusiasmado. O desembargador-presidente, Aldon Taglialegna, cumprimentou a equipe da SGE, diretores e servidores presentes à reunião pelo excelente resultado. “Agradeço o esforço de todos porque sair do zero para o ouro é uma grande conquista”, afirmou.

A aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, que reduziu o orçamento do Judiciário Trabalhista em quase 30%, também foi assunto tratado na reunião. O diretor-geral, Ricardo Lucena, comentou que o Tribunal vai ter de se esforçar para continuar atendendo bem ao jurisdicionado e para isso a Administração já está estudando alternativas visando à redução de gastos, mas sem comprometer a prestação jurisdicional. Para o desembargador Aldon Taglialegna, 2016 será um ano de desafios em que será necessário “fazer mais com menos”.

O presidente aproveitou o momento para transmitir a sua mensagem de fim de ano aos presentes e comentou sua satisfação em poder colaborar com o TRT goiano neste momento de adversidades. “A Presidência me trouxe uma experiência de vida gratificante, principalmente pelo contato com os servidores. Vocês são pessoas maravilhosas”, disse ressaltando o espírito colaborativo de todos. E otimista concitou os presentes a “lutar com todas as adversidades para sermos operosos e tentar, mesmo com poucos recursos, a melhorar nossos indicadores”, concluiu.
Desdobramento da estratégia

A apresentação do desdobramento da estratégia no Tribunal foi o assunto mais enfatizado na RAE, em que as diretorias participantes puderam apresentar a evolução das melhorias que estão sendo implementadas nas respectivas unidades. A Coordenadoria de Licitações e Contratos, com auxílio da SGE, já está em estágio bastante avançado e já começa a colher frutos com significativa redução dos prazos para realização de pregões e outras formas de licitação. A melhoria da performance da CLC foi possível como o mapeamento das atividades e rotinas da unidade, em que foram detectados pontos de aprimoramento.

Trabalho semelhante está sendo feito pela na Secretaria de Orçamento e Finanças (SOF) e pela Secretaria de Gestão de Pessoas(SGPe) com auxílio da SGE. Ambas em processo de implantação de novos sistemas de gerenciamento. No caso da SOF, já está em fase de testes o SIGEO, software utilizado para o acompanhamento da execução orçamentária. Já na SGPe, o processo de migração de dados já começou e algumas ações estão ocorrendo em paralelo ao modelo tradicional adotado pelo TRT 18.

Outros assuntos como a Política de Governança de TIC, a evolução de imóveis da Justiça do Trabalho em construção e que estão sendo reformados, o novo sistema de telefonia VOIP também foram abordados na reunião. Além dos participantes efetivos da RAE, também participaram os assessores da Vice-Presidência.

Márcia Bueno
Seção de Imprensa – DCSC

Esta entrada foi publicada em Gestão, Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.