Novos juízes do Tribunal visitam Distrito Agroindustrial de Anápolis

Novos juízes do Tribunal visitam Distrito Agroindustrial de Anápolis

Como parte do programa de formação inicial de magistrados, os 17 juízes aprovados no último concurso do TRT Goiás visitaram nesta terça-feira, 13/8, o Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia).

Visita a montadora de carros da marca Hyundai

Na parte da manhã eles conheceram a montadora de carros da marca Hyundai, administrada pelo grupo Carlos Alberto de Oliveira Andrade (CAOA), e pela tarde visitaram os laboratórios das empresas Hipermarcas e Teuto.

As visitas foram coordenadas pelos juízes Sebastião Alves Martins, diretor do Foro de Anápolis, e pelo coordenador pedagógico da Escola Judicial, Luciano Crispim. O objetivo das visitas é situar os novos juízes na realidade do trabalhador das grandes fábricas. Segundo o juiz Sebastião Martins, essa experiência contribui para que o magistrado possa ter uma noção mais abrangente de cada setor da indústria, o que será útil durante a instrução processual. 

A nova juíza do trabalho Ângela Naira, que vai atuar na 3ª Vara do Trabalho de Anápolis

A nova juíza do trabalho Ângela Naira, que vai atuar na 3ª Vara do Trabalho de Anápolis, acredita que além de dar uma maior visibilidade sobre os setores das indústrias, as visitas também dão uma maior noção sobre a importância das normas de segurança.

Na visita à montadora Hyundai, os juízes conheceram todo o processo de montagem dos veículos, desde o processo de solda, de pintura, de montagem de acessórios e testes de desempenho, além de assistirem uma palestra sobre as técnicas de segurança e os equipamentos de proteção individual. Segundo o engenheiro de segurança da Hyundai, a empresa emprega 1830 funcionários e produz de 1800 a 2000 veículos por mês, entre IX35, Tucson e o caminhão HR.

 

Visita aos laboratórios da empresa Hipermarcas

 

Os magistrados ainda visitaram o Laboratório Teuto Brasileiro, considerado um dos maiores complexos industriais do Brasil e da América Latina. Na visita aos laboratórios da empresa Hipermarcas os magistrados puderam conhecer o departamento onde são processados os medicamentos farmacêuticos líquidos e semissólidos. O setor produz 40 milhões de unidades de medicamentos por mês. Segundo o diretor da Hipermarcas, Álvaro Zanella, a empresa possui hoje 14 mil colaboradores, sendo 2500 trabalhadores só em Anápolis.

Os juízes também puderam conhecer o Foro de Anápolis, em que o titular da 3ª Vara do Trabalho, Sebastião Martins, falou um pouco da sua experiência como juiz e passou algumas dicas aos novos magistrados, como a importância de não adiar uma audiência, a necessidade de adequar a linguagem à do trabalhador e a simplicidade ao colher o depoimento das testemunhas. Para ele, “um juiz não nasce pronto, você que tem que começar a fazer seu estilo de agora em diante”, resumiu.

Lídia Cunha
Núcleo de Comunicação Social

 

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.