Wi-Fi livre do TRT é restrito ao portal do TRT e ao sistema PJe

cartaz-wifi2

O Tribunal está afixando avisos em todas as salas de espera do Edifício Ialba-Luza e do Fórum Trabalhista de Goiânia para informar partes e advogados de que o serviço de wi-fi livre está restrito ao portal do TRT e ao sistemas PJe e SisDoc. A iniciativa visa a dar uma resposta do Comitê de Governança (CGov) ao público externo que questionou a qualidade do serviço por meio da pesquisa de satisfação elaborada em junho deste ano.
Durante a reunião do Comitê, os integrantes até informaram que o desejável seria a liberação do sinal para acesso livre a todos os portais mas, por medidas de segurança e em razão do elevado custo, não é possível ampliar os serviços a esse nível.
“É importante ressaltar que a nossa prioridade é oferecer ferramentas que auxiliem os jurisdicionados e seus procuradores a acessar os serviços relacionados à prestação jurisdicional, ou seja, garantir o acesso à justiça”, afirmou o presidente do TRT, desembargador Aldon Taglialegna.

Márcia Bueno
Seção de Imprensa – DCSC

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.