Vara do Trabalho de Quirinópolis cumpre, no período apurado, as sete metas nacionais do CNJ em 2018

Equipe da VT de Quirinópolis com o desembargador-corregedor Paulo Pimenta e com o diretor de secretaria da Corregedoria Marcelo Marques

A Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região realizou correição na Vara do Trabalho de Quirinópolis, no último dia 18, em que ficou destacado o “ótimo” desempenho da unidade em relação aos dados apurados na inspeção. No ano passado, a Vara cumpriu 6 das 7 metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), recebendo o selo Prata na premiação instituída pelo Regional goiano devido ao cumprimento de tais metas. O corregedor, desembargador Paulo Pimenta, destacou a eficiente prestação jurisdicional, demonstrada pela expressiva produtividade do Juízo no decorrer de 2018 em relação à Meta 1 do CNJ, em que o prazo médio de duração dos processos se mantém abaixo de 90 e 180 dias, em consonância com o princípio constitucional da razoável duração do processo.

Corregedor Paulo Pimenta em reunião com a juíza Rosane de Menezes

Paulo Pimenta salientou o comprometimento e a operosidade da juíza titular, Rosane de Menezes. A correição apurou que não há pendências processuais acima do limite legal e o que o prazo para sentenciar é de apenas 3 dias no rito sumaríssimo e de 5 dias no rito ordinário. As atividades desempenhadas pela Secretaria da VT também estão sendo bem desempenhadas pelos servidores, conforme registrado em ata, razão pela qual o corregedor do TRT elogiou a equipe na pessoa da diretora Carolina Baroni.

Ainda mereceu destaque na ata correicional a diligente atuação da Secretaria da VT de Quirinópolis no impulsionamento dos processos na fase executória, com a utilização de todas as ferramentas tecnológicas colocadas à disposição do juízo. Na avaliação do desembargador e corregedor Paulo Pimenta, esta é a razão do ótimo desempenho da unidade no cumprimento da meta 5 do CNJ em 2017 e também neste exercício.

Metas do CNJ

A Vara do Trabalho de Quirinópolis cumpriu 6 das 7 metas nacionais no ano passado. A única não atingida foi a de número 7, que busca priorizar o julgamento dos processos dos maiores litigantes. Na análise do cumprimento das metas neste ano, entre os meses de janeiro a junho de 2018, a unidade cumpriu no período analisado 5 metas e integralmente outras duas.

Quirinópolis

A Vara do Trabalho de Quirinópolis, localizada a 280 km da sede do TRT18, possui jurisdição sobre os municípios de Cachoeira Alta, Caçu, Gouvelândia, Inaciolândia, Itajá, Itarumã, Lagoa Santa, Paranaiguara, Quirinópolis (sede da jurisdição) e São Simão. O município de Quirinópolis está localizado na região sudoeste do estado de Goiás, às margens do lago de São Simão, no Rio Paranaíba. De acordo com o IBGE, a agropecuária, com destaque crescente para a cultura de cana-de-açúcar, juntamente com a produção leiteira, são a base da economia do município. A proximidade da cidade com o município de São Simão, local onde se inicia a hidrovia Paranaíba-Tietê-Paraná, facilita o escoamento da produção agrícola. A construção da Ferrovia Norte Sul tem alavancado o desenvolvimento da cidade que ainda está em expansão. Segundo as estatísticas do Cadastro Central de Empresas, referentes ao exercício de 2016, o município possui 1.190 empresas instaladas atuantes, com pessoal ocupado assalariado da ordem de 10.113 pessoas, com salário médio mensal de 2,3 salários mínimos.

Cristina Carneiro
Setor de Imprensa-CCS

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.