Vara do Trabalho de Palmeiras deve começar a funcionar em maio

A Vara do Trabalho de Palmeiras de Goiás deve começar a funcionar em maio deste ano, conforme previsão do gerente do projeto de instalação da mais nova unidade da Justiça do Trabalho de Goiás, o chefe do Núcleo de Assistência da Diretoria-Geral do TRT18, Marcos Antunes.

O prédio que abrigará a Vara está passando por reforma, serviço previsto para ser concluído no fim de abril. A nova VT funcionará no imóvel onde ficava a base regional da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) no Km 1 da GO-156. Após reformado, o edifício contará com recepção/sala de espera, sala de audiência, espaço para a OAB, gabinete do juiz, secretaria, copa e sanitários. O investimento feito na obra é de R$ 307.467,82.

A transferência da Vara do Trabalho de Pires do Rio para Palmeiras de Goiás foi aprovada pelo Pleno do TRT18 em agosto do ano passado. A unidade de Pires do Rio será transformada em posto avançado, que ficará vinculado à VT de Palmeiras. A decisão do Pleno levou em consideração a expressiva movimentação processual originária de Palmeiras de Goiás e dos municípios que compõem aquela microrregião.

Os municípios de Campestre de Goiás, Cezarina, Indiara, Jandaia, Nazário e Palminópolis, no entorno de Palmeiras, compõem uma região que congrega várias indústrias frigoríficas, sucroalcooleiras e de laticínios. Por isso, conforme estudo anexo ao projeto de instalação da nova Vara, a região ostenta um nível relativamente alto de atividade econômica. Tal fato se traduz em inúmeros conflitos nas relações de trabalho, exigindo uma atuação mais próxima do Judiciário Trabalhista para garantir a paz social e manter as condições adequadas ao pleno desenvolvimento econômico e social. Com a nova Vara, o TRT18 também reduzirá as distâncias a serem percorridas pela população daquela região para acesso à Justiça do Trabalho.

Além de Palmeiras farão parte da jurisdição da nova Vara os municípios de Campestre de Goiás, Cezarina, Cristianópolis, Indiara, Ipameri, Jandaia, Nazário, Orizona, Palmelo, Palminópolis, Pires do Rio, Santa Cruz de Goiás, São Miguel do Passa Quatro, Urutaí e Vianópolis.

Wendel Franco
Setor de Imprensa-CCS

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.