Valor negociado pela Justiça do Trabalho de Goiás durante a 8ª Semana Nacional da Execução totaliza R$ 8,5 milhões

A Divisão de Estatística e Pesquisa da Secretaria de Gestão Estratégica do TRT18 divulgou os resultados obtidos pela Justiça do Trabalho de Goiás durante a 8ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, realizada de 17 a 21/9 em todo o país. Das 280 audiências realizadas em processos na fase de execução no primeiro e no segundo graus, 161 resultaram em acordos que totalizaram juntos R$ 8.559.915,44 para pagamento de dívidas trabalhistas.

Entre as Varas do Trabalho da capital que participaram da iniciativa do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, a 15ª teve o maior número de acordos homologados, 34 no total. Quanto ao valor negociado, a 6ª VT de Goiânia se destacou com a arrecadação de R$ 522.077,71 para o pagamento de créditos já reconhecidos pela justiça. Já entre as Varas do interior, a de Luziânia firmou o maior número de acordos, 9, mas o maior valor foi negociado pela VT de Catalão, o equivalente a R$ 1.797.000,00.

O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) de Goiânia realizou 176 audiências, das quais foi possível a conciliação em 64 processos. O montante negociado totalizou R$ 4.010.954,87. O Cejusc de Aparecida de Goiânia obteve sucesso nas quatro audiências de conciliação realizadas, cujos acordos somaram R$ 95.276,00.

Com o slogan “Sempre há uma saída”, a 8ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), teve o objetivo de mostrar que a Justiça do Trabalho está disposta a auxiliar, da melhor maneira possível, empregadores condenados em processos trabalhistas a quitarem suas dívidas, garantindo assim a efetividade do pagamento nos processos em fase de execução.

Wendel Franco
Setor de Imprensa-CCS

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.