Nova diretoria da Associação dos Peritos da Justiça do Trabalho propõe melhorias na realização de perícias

Presidente Platon Teixeira Filho (centro) com os peritos Luciano Cunha (presidente da Apejuste), Ivan Beze Júnior (vice-presidente da associação), Flávia Freitas (diretora financeira), Cristiano Leão (diretor de comunicação e marketing), Fábio Sousa (conselheiro fiscal) e Leonardo Metran (conselheiro)

Estabelecer um bom relacionamento com o Tribunal foi o objetivo da visita dos novos dirigentes da Associação dos Peritos da Justiça do Trabalho da 18ª Região (APEJUST) ao presidente do TRT, desembargador Platon Teixeira Filho. A entidade, criada em 2015, reúne profissionais de diversas áreas que atuam na Justiça do Trabalho em Goiás como engenheiros, médicos, psicólogos, fisioterapeutas e contadores.

Os dirigentes da associação discutiram com o presidente questões pontuais sobre a realização de perícias como a dificuldade surgida com as novas formas de contrato trazidas pela lei da reforma trabalhista, citando como exemplo o trabalho intermitente. Destacaram também a necessidade de capacitação dos profissionais em relação às mudanças, que são muitas. O presidente Platon Teixeira Filho disse que o Tribunal se coloca à disposição para apoiar institucionalmente a associação e ampliar o diálogo com os profissionais.

O presidente da Apejust, Luciano Cunha, explicou que o objetivo da entidade é melhorar e padronizar a qualidade técnica dos laudos emitidos. Nesse sentido, sugeriu um rodízio maior na designação dos peritos já que alguns acabam acumulando até 60 perícias por mês.

Outra sugestão da entidade é que os magistrados deem feedback sobre os laudos periciais realizados para que os profissionais possam aprimorá-los. Uma próxima reunião deverá ser agendada entre os futuros dirigentes, a associação e a Escola Judicial de forma a ampliar o diálogo com o Tribunal e analisar meios para o aprimoramento do trabalho dos peritos.

A APEJUST foi a segunda associação de peritos do trabalho a ser criada no país, sendo a primeira no Rio Grande do Sul, e conta hoje com 264 associados.

Fabíola Villela 
Setor de Imprensa/CCS

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.