Evento sobre acessibilidade e inclusão traz ao TRT18 primeiro juiz cego do Brasil

Acessibilidade e inclusão no TRT18 é o tema de um evento que o Setor de Responsabilidade Socioambiental e a Gerência de Saúde do Tribunal promovem no dia 18/10 no auditório do Fórum Trabalhista de Goiânia. O evento tem como objetivos enfatizar os benefícios significativos que a acessibilidade pode trazer tanto para pessoas com deficiência quanto para a sociedade e sensibilizar para a importância da igualdade de oportunidades. Um dos participantes de destaque será o desembargador do TRT da 9ª Região (Paraná) Ricardo Tadeu Marques da Fonseca. Ele é cego e falará sobre “O trabalho da pessoa com deficiência no contexto dos Direitos Humanos”.

Banda Inclusiva Luar. Foto: Divulgação/Vila São Cottolengo

Logo após a abertura do evento, às 9 horas, a programação seguirá com a apresentação da Banda Inclusiva Luar. O grupo musical foi criado há mais de 15 anos e é formado, em sua maioria, por pacientes da Vila São Cottolengo. Os integrantes da banda tocam instrumentos variados, adaptados às suas limitações nos movimentos.

Em seguida, às 9h30, o desembargador Ricardo Tadeu da Fonseca fará palestra com o tema “O trabalho da pessoa com deficiência no contexto dos Direitos Humanos”. O magistrado perdeu totalmente a visão aos 23 anos, quando cursava o terceiro ano da faculdade de Direito. Conseguiu se formar com apoio dos colegas e depois enfrentou preconceitos e dificuldades para conseguir o primeiro emprego. Após aprovação em concurso público, Ricardo Tadeu tornou-se o primeiro juiz cego da história do Brasil. Ele compõe o TRT do Paraná desde 2009.

Durante o evento, o TRT18 lançará a campanha “multa social”. Trata-se de uma iniciativa com o objetivo de conscientizar servidores e o público em geral para o respeito às vagas destinadas a pessoas com deficiência nos estacionamentos do Tribunal. A programação inclui ainda a oficina Superando barreiras atitudinais, oferecida pelo Centro Brasileiro de Reabilitação e Apoio do Deficiente Visual (Cebrav), a partir das 10h30.

Inscrições e público-alvo

As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas pela página de eventos da Escola Judicial do TRT18 pelo link https://sistemas2.trt18.jus.br/eventosej/login.seam ou presencialmente no dia do evento na entrada do auditório do Fórum Trabalhista de Goiânia. Podem participar magistrados e servidores do Tribunal e a comunidade em geral. Todos os participantes receberão certificados.

Wendel Franco
Setor de Imprensa-CCS

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.