Eleitos novos dirigentes do TRT18 para o biênio 2017-2019

_cia8279-copy

O presidente eleito, desembargador Breno Medeiros, afirma que sua gestão será focada em pessoas e processos

Em sessão administrativa realizada na manhã desta terça-feira (08/11), o Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (Goiás) elegeu os novos dirigentes do TRT18 para o biênio 2017-2019. A partir de fevereiro do ano que vem, o cargo de presidente da instituição será ocupado pelo desembargador Breno Medeiros e o cargo de vice-presidente será exercido pelo desembargador Paulo Pimenta. A sessão solene de posse será realizada no dia 3 de fevereiro de 2017.

O Pleno também escolheu o desembargador Elvecio Moura para a direção da Escola Judicial do TRT18, tendo como vice-diretor o desembargador Aldon Taglialegna. O cargo de ouvidor será ocupado pelo desembargador Gentil Pio, tendo como substituto o desembargador Daniel Viana. Na mesma sessão, também foram escolhidos os membros da Comissão de Vitaliciamento de Juízes Substitutos,  composta pelos desembargadores Aldon Taglialegna (atual presidente do TRT18), Kathia Albuquerque e Eugênio Cesário.

Assim que proclamou, por aclamação, a eleição dos novos dirigentes, o desembargador Aldon Taglialegna felicitou os futuros dirigentes. “Digo em nome da nossa Corte que nós nos sentimos seguros e felizes com essa eleição e desejo do fundo do coração que tempos melhores do que eu passei neste Tribunal possam vir. Tenho certeza que os desembargadores Breno Medeiros e Paulo Pimenta saberão enfrentar esses tempos difíceis que estamos vivenciando hoje”,  ressaltou.

O desembargador Breno Medeiros agradeceu aos integrantes do Pleno por sua eleição no cargo de presidente da Corte para o próximo biênio e ressaltou o seu compromisso com a continuidade administrativa. “Estaremos sempre cumprindo as decisões do Pleno, acho que a Administração é simplesmente uma parte executiva das decisões deste Tribunal”, destacou.  Ao final da sessão, ele apresentou o plano de gestão que pretende executar nos próximos dois anos à frente do TRT 18, cuja elaboração foi subsidiada pelos dados obtidos durante as visitas realizadas nas unidades do Tribunal (Plano de Ação Reconhecendo o TRT18) e nas pesquisas de qualidade de vida no trabalho e de satisfação de clientes.

_cia8293-copyO vice-presidente eleito, Paulo Pimenta, comentou que completou 25 de magistratura ontem (07/11) e, por isso, considera a  escolha de seu nome um presente. Ele destacou  sua satisfação em trabalhar com o desembargar Breno Medeiros. “Considero um privilégio assumir um cargo na Administração juntamente com o desembargador Breno, que é uma pessoa que se preparou para isso e por quem nutro uma amizade muito grande”, frisou.

A sessão administrativa também contou com as presenças do procurador do Ministério Público do Trabalho José Marcos Abreu e do presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 18ª Região (Amatra18), juiz Luciano Crispim. Os dois parabenizaram os eleitos e, em nome das instituições que representam, se colocaram à disposição para ajudar a nova gestão do TRT18 no que for preciso.

Currículos

desembargador-breno-tratada-e-reduzida

Desembargador Breno Medeiros

Natural de Curitiba (PR), Breno Medeiros foi promotor de Justiça em sua cidade natal e atuou como juiz em Goiânia (9ª VT da capital) antes de assumir o cargo de desembargador do TRT18, em outubro de 2009. Já foi convocado para atuar no Tribunal Superior do Trabalho (TST) entre os anos de 2014 e 2015. Breno Medeiros é o atual vice-presidente e corregedor do TRT18 (biênio 2015-2017). O magistrado possui especialização em Engenharia da Qualidade – MBA – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo/USP. Leia o currículo na íntegra aqui.

Desembargador Paulo Pimenta, relator

Desembargador Paulo Pimenta

Paulo Pimenta é desembargador do Trabalho no TRT18 (Goiás) desde outubro de 2009. Natural de São Paulo (SP), ele exerceu a advocacia em Brasília-DF entre os anos de 1988 e 1991. Como juiz do Trabalho, ele atuou no TRT10 (DF) e nas cidades goianas de Goiânia, Catalão, Caldas Novas, Luziânia, Ceres e Formosa. Também foi professor de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho da Faculdade de Direito do Centro de Ensino Superior de Catalão de 1998 a 2001. Leia o currículo na íntegra aqui.

 

Márcia Bueno/Wendel Franco
Seção de Imprensa-DCSC

Ouça abaixo a notícia da Rádio Web TRT Goiás:

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.