Cejusc recebe reconhecimento da advocacia trabalhista

Presidente do TRT agradece as homenagens ao Cejusc, tendo ao lado a advogada Maria Madalena Carvelo, presidente da Agatra

O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) do Fórum Trabalhista de Goiânia foi homenageado pela Associação Goiana dos Advogados Trabalhistas (Agatra) na abertura do 10º Congresso Goiano de Advocacia Trabalhista, realizada ontem(20/9), no auditório do “Meu Escritório” da Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (Casag). O Congresso conta com o apoio do TRT da 18ª Região.

Na ocasião, o presidente do TRT18, desembargador Platon Teixeira Filho, agradeceu o apoio da advocacia ao esforço da Justiça do Trabalho em promover a solução acordada nas reclamatórias trabalhistas. “Agradeço a homenagem da Agatra ao Cejusc e faço questão de registrar que o Centro de Conciliação existe graças ao apoio e à compreensão da advocacia sobre a importância da conciliação. É como dizem: “um mau acordo é sempre melhor que uma boa demanda”. Por isso nos esforçamos tanto para a solução consensual dos litígios”, afirmou.

Ele fez questão de cumprimentar os magistrados e servidores do Tribunal que tiveram atuação essencial para que o Cejusc alcançasse o nível de excelência no atendimento que hoje oferece a partes e advogados. Qualidade e funcionalidade que passaram a ser referência para a criação de centros de conciliação nos demais tribunais trabalhistas.

O magistrado Celso Moredo, atual coordenador do Cejusc, e os servidores Leila Barbosa, atual secretária-executiva do Cejusc de Goiânia, José Ludovico de Almeida, hoje aposentado, e Itamar da Rocha, representado pela filha a advogada Pâmela Rocha, receberam placa de reconhecimento da advogada Mônica Flauzino, proponente da homenagem. O juiz Israel Brasil Adourian, que esteve à frente do Centro de Conciliação por cinco anos, também foi homenageado mas não pôde estar presente em razão de licença médica.

À direita, o juiz Celso Moredo recebe a homenagem da advogada Mônica Flauzino, tendo ao lado Leila Barbosa, diretora-executiva do Cejusc, e o servidor aposentado José Ludovico

 

Congresso

Presidente da Agatra faz discurso de abertura do Congresso

A presidente da Agatra, advogada Maria Madalena Carvelo, afirmou que o tema do 10º Congresso Goiano de Advocacia Trabalhista “A grandeza da Advocacia frente à Reforma Trabalhista” veio num momento de reflexão sobre as mudanças trazidas pelo novo ordenamento jurídico. “O advogado deve perseguir e acompanhar as mudanças para defender os interesses de seus constituintes e se esforçar em construir dias melhores. Esse é nosso desejo”.

A ministra Delaíde, que participou da abertura do Congresso,  saudou os advogados reafirmando a sua satisfação de representar a advocacia no Tribunal Superior do Trabalho pelo quinto constitucional e disse que fez questão de estar presente apoiando a iniciativa da Agatra de promover o Congresso.

O diretor-geral da Escola Superior da Advocacia em Goiás, advogado Rafael Lara, reafirmou a importância da temática do congresso, que considerou ser realizado em momento “propício”, pois, segundo ele,  é a atuação da advocacia que irá favorecer o amadurecimento da legislação vigente.

Setor de Imprensa – CCS

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.