6ª Vara do Trabalho de Goiânia bate a meta específica da JT

Desembargador Daniel Viana Júnior, ao centro, com a equipe da 6ª VT de Goiânia

A 6ª Vara do Trabalho de Goiânia foi parabenizada, em correição realizada no dia 14 de março, porque bateu a meta específica da Justiça do Trabalho para 2018 com prazo médio de duração dos processos de 132 dias. O desembargador-corregedor, Daniel Viana Júnior, parabenizou os juízes titular, Israel Adourian, e auxiliar, Eduardo Thon, bem como toda a equipe de servidores pelo bom desempenho e pediu que continuem nesse ritmo e eficiência. Daniel Viana ainda observou que a produtividade do juízo aumentou consideravelmente entre os exercícios de 2016 e 2018, com índice de cumprimento da Meta 1 em 116% no ano passado.

O corregedor ainda ressaltou que a 6ª Vara foi uma das unidades que mais se destacaram na prestação jurisdicional na mais recente pesquisa de satisfação de usuário externo, merecendo boa avaliação nos quesitos “cordialidade no atendimento”, “clareza e precisão das informações prestadas pelos servidores”, “rapidez e facilidade de acesso às informações” e “atuação dos magistrados”. “O nosso maior patrimônio somos nós mesmos, nosso tribunal está muito bem e o espírito do serviço público está muito à frente de outros tribunais”, ressaltou o corregedor.

Daniel Viana em reunião com os juízes Israel Adourian, Eduardo Thon, Luciano Crispim e com o diretor de Secretaria da Corregedoria, Marcelo Marques

Quanto às recomendações, o desembargador-corregedor pediu que os magistrados e servidores se empenhem na redução do prazo médio dos processos submetidos ao rito ordinário para que cheguem a patamares inferiores a 180 dias, aproveitando o momento atual, em que se verifica uma redução da demanda processual e uma inversão da proporção entre as demandas submetidas aos ritos sumaríssimo e ordinário. Outra recomendação é que os magistrados prolatem sentenças líquidas, o que torna mais ágil a fase de execução.

O juiz Eduardo Thon frisou que todo o esforço que foi feito está sendo refletido agora. Ele mencionou o bom ambiente de trabalho na unidade. “Gostaria de ressaltar que temos aqui um ambiente aberto e acolhedor e uma convivência amiga, o que faz muita diferença”, concluiu.

Saiba mais sobre o desempenho da 6ª Vara do Trabalho de Goiânia lendo a ata de correição aqui.

Setor de Imprensa

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.