Iniciados os trabalhos para a implantação do Modelo de Governança Corporativa de TI no TRT-18

Facebooktwitteryoutubeinstagram

dado tiO grupo de trabalho do projeto para a implantação do Modelo de Governança Corporativa de Tecnologia da Informação no TRT de Goiás realizou sua primeira reunião na quinta-feira, 16/4, para iniciar os trabalhos com o projeto. O grupo foi criado em fevereiro deste ano, pela Portaria GP/DG 075/2015, com o objetivo de coordenar a execução do projeto, de forma que o modelo de governança contemple as diretrizes, as estruturas organizacionais e os processos de alinhamento com os objetivos da instituição.

Dentre os objetivos do projeto estão o alinhamento estratégico da área de tecnologia da informação com a organização, o fortalecimento da imagem institucional da justiça do trabalho e a garantia de infraestrutura física e tecnológica modernas. O maior controle e transparência nos processos de TI e a avaliação do valor da Tecnologia da Informação, com a realização de benefícios, otimização de recursos e otimização dos riscos, também fazem parte dos objetivos do projeto. O projeto também se justifica pelo objetivo estratégico do plano estratégico da Tecnologia da Informação de adotar as melhores práticas em governança de TIC.

O produto principal do projeto será um Modelo de Governança Corporativa de Tecnologia da Informação a ser implantado no TRT18ª Região, com previsão de conclusão em fevereiro de 2016, conforme o cronograma aprovado pelo grupo de trabalho. O projeto envolve a Presidência do Tribunal, a Diretoria-Geral, a Coordenadoria de Gestão Estratégica e a Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações.

Conforme explicou o gerente do projeto, o chefe do Núcleo de Projetos e Processos de Negócios, Robnaldo Alves, a governança de corporativa de TI se refere a mecanismos de monitoramento, avaliação e direção da gestão de Tecnologia da Informação no órgão. “Os resultados esperados com o projeto é termos maior agregação de valor da TI para os objetivos da instituição com a realização de benefícios, otimização de recursos e otimização de riscos”, afirmou o gerente. Ele também destacou que os resultados serão mensurados por meio de processos de trabalho, metas e indicadores que serão estabelecidos pelo grupo de trabalho.

Núcleo de Comunicação Social

Facebooktwitter

Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.