Gestão Estratégica reúne gestores para discutir ações para cumprimento das metas nacionais

IMG_1723 (Copy)Auxiliar as unidades judiciárias de primeiro e segundo grau no cumprimento das metas nacionais de 2016. Esse foi o objetivo de reunião realizada pela Secretaria de Gestão Estratégica (SGE) com gestores e diretores do Tribunal. Durante a reunião, que aconteceu no último dia 10, na Escola Judicial, o diretor da SGE, Álvaro Resende, apresentou o relatório atualizado acerca do cumprimento das sete metas nacionais. Na ocasião, discutiram-se ações que serão propostas para as unidades judiciárias.

Os gestores concluíram que a Escola Judicial poderá, por exemplo, realizar treinamentos no PJe e ampliar o público atendido com a transmissão de vídeos gravados. Entre as deliberações também está a visita do Grupo de Apoio às Varas do Trabalho (GAVT) às unidades que estejam com dificuldades no cumprimento das metas. Outra medida que poderá ajudar no alcance das metas será realizada pela SGE, que é a de fazer o desdobramento da estratégia nas unidades judiciárias de primeiro grau e auxiliar na construção de planos de ação.

A Secretaria-Geral Judiciária, por sua vez, visando o cumprimento das metas 1 (julgar mais processos do que os distribuídos) e 3 (aumentar o índice de acordos), solicitará às Varas do Trabalho que façam uma triagem dos processos com possibilidade de acordo para enviá-los para a 2ª Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, que será realizada de 13 a 17 de junho. Caberá à SGE, ainda, enviar às VTs a cada dois meses relatórios que identifiquem os processos pendentes de julgamento, relativos às metas 2 (julgar processos mais antigos), 6 (priorizar o julgamento das ações coletivas) e 7 (priorizar o julgamento dos processos dos maiores litigantes e dos recursos repetitivos).

Em relação ao cumprimento da meta 5 (impulsionar processos na fase de execução), os gestores decidiram que irão propor à Escola Judicial a realização de curso para assistentes que despacham processos na fase de execução. Por fim, deliberou-se que a SGJ proporá projeto para a realização de mutirão de julgamento dos processos dos maiores litigantes para o cumprimento da meta 7.

Fabíola Villela/Seção de Imprensa/DCSC

 

Esta entrada foi publicada em Gestão, Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.