Centro de Memória

CENTRO DE MEMÓRIA JUIZ PAULO FLEURY DA SILVA E SOUZA

O Centro de Memória foi instituído em agosto de 2000, (RA nº 029, de 29.08.2000), sob a presidência da desembargadora Ialba-Luza Guimarães de Mello. Inicialmente tinha como finalidades: promover o levantamento histórico da Justiça Trabalhista no Estado de Goiás, preservar a memória do TRT, formar o acervo permanente do Centro de Memória, estimular e promover intercâmbio com instituições culturais e educacionais visando o resgate da memória trabalhista no Estado, estimular a consciência social, na pesquisa, conservação e restauração do patrimônio trabalhista no Estado. Seu nome se dá em homenagem ao primeiro juiz presidente da 1ª JCJ de Goiânia.
Atualmente o Centro de Memória, também denominado Seção de Registro e Preservação da Memória Institucional (Resolução Administrativa nº 26/2011), encontra-se vinculado à Escola Judicial e tem como atribuições: promover o levantamento e a preservação do patrimônio histórico da 18ª Região da Justiça do Trabalho; formar e manter o seu acervo permanente, físico e digital, procedendo ao inventário dos bens sob sua guarda; organizar e manter o espaço de exposições do Centro de Memória; estimular e promover intercâmbio com instituições culturais e educacionais visando o resgate da memória trabalhista e estimular a consciência social na pesquisa, conservação e restauração do patrimônio trabalhista goiano.

Horário de funcionamento: das 08 às 16 horas, de 2ª a 6ª feira. Além das visitas rotineiras de servidores, advogados e partes, recebemos ainda, estudantes universitários, de escolas públicas e municipais, tendo estes a oportunidade de conhecer diversos objetos históricos, processos, togas e ainda assistir o vídeo compacto sobre a história da justiça trabalhista no estado e outros vídeos institucionais.

CONTATO: Para maiores informações entrar em contato pelo e-mail memoria@trt18.jus.br e pelo telefone (62)3222-5103.

 

Subpáginas

Os comentários estão encerrados.