CREA se reúne com engenheiros da Concretiza para tratar de perícia no canteiro de obras do TRT

Facebooktwitteryoutubeinstagram

IMG_0244 (Copy)Os trabalhos de perícia na obra do Complexo Trabalhista atingida pelo incêndio ocorrido no último sábado (3/10) serão acompanhados pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-GO). Pela manhã, o diretor-geral, Ricardo Lucena, e engenheiros do Tribunal se reuniram com proprietários e engenheiros da empresa responsável pela obra, Construtora e Incorporadora Concretiza, para apresentar o engenheiro designado pelo CREA-GO, Ricardo Veiga, que irá acompanhar os trabalhos de perícia. O engenheiro e servidor do TRT Diego Cássio e um engenheiro indicado pela Secretaria do Patrimônio da União em Goiás (SPU-GO) também integram a equipe.

Laudo preliminar

O laudo preliminar divulgado na segunda-feira (5/10) pelo perito Carlos Campos, contratado pela Concretiza, indicou que aparentemente não houve dano estrutural a ponto de causar o desabamento da obra atingida pelo incêndio. Esse laudo teve por objetivo verificar primeiro o risco de desabamento das estruturas dos 2 blocos em construção atingidos pelo incêndio, para liberar o fluxo normal de carros na Rua Orestes Ribeiro e autorizar a entrada de peritos da Polícia Federal e Corpo de Bombeiros às dependências da obra. O laudo definitivo será elaborado por especialistas com a colaboração dos engenheiros do CREA-GO, do SPU-GO e do TRT de Goiás e deve ser finalizado em até 90 dias.

Seção de Imprensa/DCSC

Facebooktwitter

Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.