Dirigentes do Coleprecor são empossados durante 8ª reunião Ordinária em Brasília. Encontro discutiu novos rumos para a Justiça do Trabalho

Na abertura da 8ª reunião ordinária do Colégio de Presidentes e Corregedores de TRTs (Coleprecor), iniciada nesta quarta-feira, 22/11, o presidente do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro Ives Gandra Martins Filho, fez um balanço de 2017, destacando ações que resultaram em benefícios aos Tribunais Regionais do Trabalho.

Os novos dirigentes do Colégio foram empossados durante o encontro. O novo presidente do Coleprecor é o desembargador Wilson Fernandes, atual presidente da 2ª Região (São Paulo). O desembargador Paulo Pimenta, do TRT18, assumiu o cargo de vice-presidente do Conselho e o desembargador Samuel Hugo, da 15ª Região, tomou posse na Secretaria-geral da entidade. Além de assumir o cargo de vice-presidente, o corregedor regional do TRT18 também será o representante do Coleprecor junto ao Comitê Nacional do Pje.

Ao tomar posse, o desembargador Paulo Pimenta falou sobre o novo desafio que assume na carreira e do papel cada vez mais relevante que o Coleprecor tem desempenhado na troca e disseminação de boas práticas. “Temos aqui um importante fórum de discussão e de intercâmbio de experiências administrativas dos 24 tribunais regionais do trabalho, que possibilitam uma otimização dos nossos recursos e a superação das dificuldades orçamentárias que vêm sendo impostas a todo o Poder Público”, afirmou.

Na ocasião, o diretor-geral do TRT18, Ricardo Lucena, foi reeleito para mais um mandato de dois anos como coordenador dos diretores da Justiça do Trabalho. O servidor Álvaro Resende, diretor-geral do TRT22, foi eleito vice-coordenador.

Novidades

O ministro Ives Gandra anunciou que o CSJT está elaborando uma proposta de projeto de lei para que os recolhimentos relativos às custas judiciais sejam revertidos à Justiça do Trabalho e para que haja maior facilidade de acesso aos montantes referentes aos depósitos recursais. Os TRTs podem fazer sugestões à Assessoria Parlamentar e à Coordenadoria de Orçamento e Finanças do CSJT até o fim do ano.

Durante a abertura do Coleprecor, foram assinados três convênios com TRTs relativos ao assinador eletrônico (2ª Região), módulo de precatórios (3ª Região) e alvará eletrônico (11ª Região). Os convênios são para agilizar e aprimorar o Processo Judicial eletrônico.

O presidente também destacou a atuação integrada do Conselho com os TRTs e citou algumas situações que foram solucionadas graças à parceria entre CSJT e TRTs, entre elas a retomada de obras no TRT da 18ª Região (Goiás).

Fabíola Villela – Seção de Imprensa, com a colaboração do CSJT

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.