Presidente do TRT18 discutirá com magistrados e diretores estratégias para cumprimento das metas de 2015

RelatórioO presidente do TRT, desembargador Aldon Taglialegna, irá se reunir nesta sexta-feira, 26/6, com magistrados de primeiro grau e diretores de vara para discutir estratégias a serem implementadas para o cumprimento das metas estabelecidas para o Judiciário trabalhista em 2015. A reunião, que contará com a participação do juiz Renato Hiendlmayer, gestor do cumprimento de metas do Tribunal, será realizada no auditório do Fórum, após o encerramento da Primeira Jornada sobre o Novo Código de Processo Civil, que acontece naquele local.

Logomarca TRT.jpegA proposta do encontro é avaliar, também, o desempenho da 18ª Região de acordo com relatório quadrimestral do plano estratégico da Justiça do Trabalho, elaborado pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho(CSJT). O documento mostra o resultado parcial do cumprimento das metas de janeiro a abril deste ano de todos os tribunais regionais, entre eles o TRT da 18ª Região.

Confira os resultados do TRT18:

Indicador: Índice de Processos Julgados (IPJ)
Meta 6:
julgar quantidade maior de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente. (Meta ainda não alcançada)

Indicador: Índice de Processos Antigos (IPA)
Meta 7:
identificar e julgar, até 31/12/2015, pelo menos 90% dos processos distribuídos até 31/12/2015, nos 1º e 2º graus. Meta alcançada)

Indicador: Índice de Execução (IE)
Meta 11:
baixar mais processos do que as execuções iniciadas no período.(Meta ainda não alcançada)

Indicador: Índice de Execução do Orçamento Disponibilizado (IEOD)
Meta 2:
aumentar o IEOD em relação à média de 2011, 2012 e 2013 em: 2% para queles TRTs que obtiverem média de até 80% e 1% para aqueles TRTs que obtiverem média entre 80,01% e 85%, até 2015.(Meta ainda não alcançada)

Indicador: Tempo Médio de Duração do Processo – 2ª Instância (TMDP2)
Meta 4:
reduzir o prazo médio, em relação ao ano base 2014 em: 0% para aqueles TRTs que contabilizaram o prazo médio de até 200 dias, 1% para aqueles TRTs que contabilizaram o prazo médio de 201 a 300 dias e 3% para aqueles TRTs que contabilizaram o prazo médio acima de 300 dias, até 2015. (Meta ainda não alcançada)

Indicador: Tempo Médio de Duração do Processo – 1ª Instância – Fase de Conhecimento
Meta 5:
reduzir o prazo médio, em relação ao ano base 2014 em: 0% para aqueles TRTs que contabilizaram o prazo médio de até 200 dias e 1% para aqueles TRTs que contabilizaram o prazo médio acima de 200 dias, até 2015.(Meta ainda não alcançada)

Indicador: Índice de Ações Coletivas Julgadas – 1º grau (IACJ 1º grau)
Meta 8:
identificar e julgar, até 31/12/2015, as ações coletivas distribuídas até 31/12/2012 no 1º grau.(Meta alcançada)

Indicador: Índice de Ações Coletivas Julgadas – 2º grau (IACJ 2º grau)
Meta 8:
identificar e julgar, até 31/12/2015, as ações coletivas distribuídas até 31/12/2013 no 2º grau.(Meta não alcançada)

Indicador: Índice de Conciliação – Fase de Conhecimento (ICONc)
Meta 9:
aumentar o Índice de Conciliação na Fase de Conhecimento, em relação à média do biênio 2013/2014, em 1%, em 2015.(Meta não alcançada)

Indicador: Índice de Concentração de Processos dos Maiores Litigantes (ICP)
Meta 10:
identificar e reduzir em 1,5% o acervo dos dez maiores litigantes em relação a 2014, até 2015.(Meta não alcançada)

Indicador: Índice de Alcance das Metas (IAM)
Meta 13:
atingir e manter a pontuação igual ou maior que 58 em 2015.(Meta não alcançada)

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.