Audiência em dissídio coletivo de greve entre Celg D e Stiueg finaliza sem acordo

Facebooktwitteryoutubeinstagram

A audiência de conciliação do dissídio coletivo de greve postulado pela Celg Distribuição (Celg D) em face do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (Stiueg), realizada na sala de sessões do Pleno do TRT18, nesta terça-feira, 5/7, foi encerrada sem acordo entre a empresa estatal e seus empregados em relação às reivindicações dos trabalhadores, entre elas reajuste salarial.

A audiência durou duas horas e foi presidida pelo desembargador do TRT18 Platon Teixeira Filho, com acompanhamento da procuradora regional do Trabalho Jane Araújo. Após propostas de reajuste salarial feitas pelo desembargador Platon e pela procuradora do MPT, o Stiueg apresentou uma contraproposta, que será encaminhada à diretoria da Celg para avaliação. A negociação será retomada na próxima terça-feira, 12/7, em nova audiência no TRT, às 14h30.

Seção de Imprensa – DCSC

Facebooktwitter

Esta matéria tem cunho meramente informativo, sem caráter oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Comunicação Social
Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
comunicacao@trt18.jus.br

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.